domingo, junho 25, 2006

Impressões nocturnas

Sex-appeal e a publicidade.
A bíblia da fotografia: Cartier-Bresson e o instante decisivo.

Passam mas ficam.

Menino rebelde.

O incansável cruzamento de Shibuya.

Luzes, câmara, acção.


Jumbo néon.

Cones com luz e polícia reluz.

1 Comments:

Blogger metelo disse...

Tem tudo sempre tanta luz que às vezes parece que estás num estúdio, sempre indoor...

Grande abraço!

2:31 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home